Os novos estóicos

Os novos estóicos

Você talvez se lembre do Mujica, o ex presidente do Uruguai.  Andava num Fusca velho, morava de maneira humilde numa chácara com a mulher, vestia roupas simples, e ganhou a admiração do mundo. Pois bem, ele e mais alguns sujeitos de nossa época estão pregando um modelo de vida mais austero, empático com toda a…

Você talvez se lembre do Mujica, o ex presidente do Uruguai.  Andava num Fusca velho, morava de maneira humilde numa chácara com a mulher, vestia roupas simples, e ganhou a admiração do mundo. Pois bem, ele e mais alguns sujeitos de nossa época estão pregando um modelo de vida mais austero, empático com toda a diversidade humana, menos abusivo e mais comedido: São os novos estóicos.

Neste trecho do (excepcional) Humans, José Mujica solta a letra e explica um pouco o que pensa e o que pratica.

os novos estóicosCuriosamente outro latino americano também está pregando uma vida mais austera, uma necessidade de resgatarmos o essencial do existir é o Papa Francisco. Evidentemente que a orientação dele é religiosa, uma profissão de fé. Mas até a escolha do seu nome de papa vai na direção de Francisco de Assis, conhecido santo católico que abdicou dos bens materiais para viver de maneira mais humilde e harmoniosa com a natureza.

os novos estóicosDentro deste cenário não é de estranhar que os olhos da mídia se voltem para Eduardo Marinho. Mistura de pensador, andarilho, artesão e palestrante, têm suas ideias registradas em vários vídeos no YouTube, e um ótimo documentário sobre ele realizado pelo Junior SQL, “Observar e Absorver” foi lançado nestes dias.

os novos estóicos

A ideia de crescimento desenfreado, de consumo infinito, de excesso de bens materiais, de obter lucro a qualquer preço, em suma, deste mundão maluco que estamos vivendo, têm sido questionada desde as manifestações dos anos 1960. Com o colapso econômico e com a frustração daqueles que só agora perceberam o quanto excludente é o modelo (e quão poucos conseguem chegar em algum lugar), um novo estoicismo está surgindo na América Latina. Ele é um pouco diferente do pensamento de Zenão de Cítio, criador do pensamento estóico e de Sêneca, seu mais ilustre representante. Mas mantém a essência: Mais importante que nossas ideias são nossos comportamentos, nossa maneira de viver no mundo.

Assista o documentário e vai entender. É bem interessante o tema e chama muito a atenção como o discurso do Eduardo Marinho reverbera num monte de questões que temos nos dias de hoje.

admin
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos